Faculdade de Fisioterapia


Faculdade de Fisioterapia


O profissional da fisioterapia tem como objeto de estudo o movimento humano. É ele quem avalia, previne e trata os distúrbios da cinesia humana, sejam decorrentes de alterações de órgãos e sistemas ou com repercussões psíquicas e orgânicas. No processo fisioterapêutico, o profissional de fisioterapia está habilitado a realizar o diagnóstico dos distúrbios cinético-funcionais, prognóstico, prescrição, intervenção e alta, desenvolvendo competências e habilidades inerentes ao seu perfil profissional com responsabilidade, ética e autonomia.

Com o objetivo de melhorar a qualidade de vida e a autoestima dos pacientes, o profissional de fisioterapia atua na prevenção, cura ou reabilitação da capacidade física funcional das pessoas, em qualquer idade. Seu trabalho visa à preservação de órgãos, sistemas e funções, englobando desde a elaboração do diagnóstico físico e funcional até a escolha e a execução dos procedimentos pertinentes a cada situação.

Nos grandes centros urbanos, os recém formados em fisioterapia podem encontrar alguma dificuldade em conseguir trabalho nas áreas tradicionais (respiratória, ortopédica e neurológica), mas existem outras especialidades promissoras, como a fisioterapia oncologia, a fisioterapia dermatofuncional, a desportiva, a fisioterapia da saúde da família e do trabalhador e a fisioterapia de reabilitação cardiovascular. A fisioterapia hospitalar continua demandando profissionais, bem como APAEs e secretarias de saúde. O Sudeste concentra o maior número de vagas e os melhores salários. Porém, é mais fácil conseguir trabalho no Norte e Nordeste do país.


Redes sociais